Presidentes debatem radiologia industrial e o mercado de trabalho

 Durante a reunião foram apresentados pedidos de melhorias para cada região e feito um balanço da nova gestão

Na manhã desta segunda-feira, 16/4, o presidente do Conselho Regional dos Técnicos em Radiologia de São Paulo da 5ª Região (CRTR-SP), Agnaldo da Silva, recebeu, na sede do Conselho, os delegados regionais para tratar de temas pertinentes à classe e também fazer um balanço da nova gestão, iniciada há cinco meses.

O presidente ouviu as necessidades apresentadas por cada delegado, apresentou um breve relato dos recursos destinados à melhoria dos serviços prestados pelo CRTR-SP e também esclareceu as dúvidas sobre a morosidade de alguns procedimentos.

Juliano Amadio, da Delegacia de Campinas, ressaltou um ponto que considerou importante no encontro. “Fomos orientados e esclarecidos sobre o andamento de cada um dos nossos pedidos. O que ouvimos foi bastante satisfatório”, afirmou.

Entre solicitações de equipamentos e pessoal qualificado para melhorar ainda mais o atendimento dos representantes regionais, Agnaldo da Silva lembrou que alguns processos são mais demorados pela própria dinâmica burocrática. “Temos recebido e encaminhado cada um dos pedidos das delegacias. Algumas solicitações, mesmo que levadas adiante, demandam o tempo habitual de processo para conclusão”, explicou o presidente.

Sobre o encontro, Sergio Roberto Zullo, delegado de São José do Rio Preto, avaliou que o feedback proporcionado nessa reunião é muito importante. “Essa postura da nova presidência é fundamental para o nosso trabalho. Estamos conseguindo ter uma autonomia que nos é de direito, e agora, de fato. Isso facilita a execução das nossas funções e torna o trabalho gratificante”, avaliou.

Durante a reunião foram citados temos como a Roda de Conversa, que foi realizada em São José do Rio Preto e que será feita em todas as delegacias do Estado de São Paulo. “É a aproximação do CRTR com os nossos profissionais”, afirmou Agnaldo.

O presidente destacou que encontros como esse são um caminho para garantir a transparência do trabalho do CRTR-SP e poder saber, pontualmente, o que cada região precisa e como auxiliar seus representantes e os profissionais da radiologia. “A categoria tem que ser evidenciada, e uma das formas disso acontecer é ouvir o que cada delegado tem para dizer”, concluiu.

Também estiveram presentes ao encontro, os delegados Dilson Cuba Matos, de Bauru; Rodrigo Travaini Favaro, de Ribeirão Preto; e André Luiz, de Santos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.