UPA de Jales tem paredes rachadas e comprometimento da estrutura

No começo de abril dia 3/4, durante uma fiscalização de rotina na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Jales, fiscais detectaram rachaduras nas paredes da sala de raio-x. Através das fendas, era possível ver o outro lado do recinto.

Por volta das 13 horas, agentes de fiscalização visitaram o setor de radiologia da UPA de Jales, administrada pelo Consórcio Público Intermunicipal de Saúde da Região de Jales (Consirj), e, enquanto aguardavam a documentação referente às condições legais dos profissionais que lá trabalham, ficaram alarmados com a situação da sala de raio-x.

No relatório, a fiscal detalha as condições do local. “A sala de raio-x encontra-se com o teto comprometido e a parede com várias rachaduras graves que dá para ver o lado de fora. O teto encontra-se escorado por barras de ferro”, informação confirmada pelo diretor da UPA.

No documento emitido pela agente, ainda consta que o MP e a Vigilância Sanitária já haviam visitado o local e, por meio de um cronograma, estipulado um prazo de 16 meses para obras de reforma na sala.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.