fbpx

X



MP acata pedido do CRTR/SP e decide investigar irregularidades em PS Infantil

Fiscalização fez vistoria em uma unidade de saúde na grande São Paulo após denúncias

O Ministério Público de São Paulo decidiu por acatar a sugestão de que fosse realizada uma investigação para apurar irregularidades num Pronto Socorro Infantil de Carapicuíba, município da Grande São Paulo. Em resposta ao ofício emitido pelo CRTR/SP, que relatou problemas que caracterizavam situação de insalubridade à qual eram submetidos os profissionais de radiologia do setor de raios X do PSI, o MP/SP comunicou que vai encaminhar a questão à Vigilância Sanitária.

A fiscalização ocorreu no dia 26 de setembro de 2018, após uma denúncia de diversas irregularidades, entre elas, a entrada para o reservatório de água, que é subterrâneo, ficava dentro da sala de raios X. Na ocasião, funcionários do PSI relataram aos fiscais que é comum haver o entupimento dos canos e, ao realizar o desentupimento, ratos são encontrados na tubulação.

Além disso, a sala estava com parte do piso faltando e outra soltando e não havia ar condicionado, o que resultava em calor extremo para paciente e para o profissional de radiologia. A disposição da sala era irregular, e uma janela quebrada deixava a chuva entrar, molhando o local. Problemas com o exaustor e ainda um trilho no meio da sala, o que poderia ocasionar quedas também foi detectado pela fiscalização.