fbpx

X



Corefi se reúne com Coren para estabelecer parceria

A iniciativa foi uma ação informal e inovadora entre os Conselhos representativos de classe

Na manhã desta segunda-feira, 27/5, representantes da Coordenadoria Regional de Fiscalização (Corefi) do CRTR/SP estiveram reunidos com o Conselho Regional de Enfermagem (Coren) de São Paulo para discutir e determinar as diretrizes de atuação das duas autarquias. 

A ideia é definir como cada uma das classes profissionais podem e devem lidar com as questões de solicitação e realização de exames de imagem. Um dos principais pontos abordados foi a solicitação de exames de imagens por profissionais da enfermagem. A parceria entre Corefi e Coren de São Paulo, considerou falta de ética profissionais de enfermagem solicitarem esses exames, que são inerente aos médicos – exceto os casos previstos pelo ministério da saúde.

Para Guilherme Viana, presidente do CRTR/SP, que também esteve presente à reunião, não se trata de uma questão de reserva de mercado, mas sim de garantir que cada atuação garanta o máximo de qualidade aos pacientes e clientes. “Da mesma maneira que o profissional de enfermagem domina as técnicas da sua área, e nela deve atuar, o nosso profissional tem a capacitação específica para lidar com radiação ionizante e não ionizante. A questão é o trabalho conjunto, não o conflito de atuações”, explicou.

Ainda sobre a questão da definição clara de cada atividade, ficou acordado que nos casos onde os profissionais de enfermagem forem flagrados exercendo as funções de técnicos e tecnólogos, como posicionar o paciente para exames de ressonância magnética, será comunicado ao Coren, e este fará a abertura de sindicância por falta ética.