fbpx

IA se destaca na leitura mais precisa de imagens de tomografia

Estudo revela excelentes resultados do sistema deep learning, que é alimentado com dados de imagens, na detecção de tumores pulmonares

A Inteligência Artificial (IA) tem ganhado cada vez mais espaço nas tecnologias em geral. Na medicina, ela tem se mostrado uma promissora ferramenta em diagnósticos médicos. Um estudo publicado recentemente na revista Nature Medicine mostrou que, por meio de exames de tomografia computadorizada, sistemas baseados na IA são capazes de detectar – com mais precisão do que médicos – pequenos tumores cancerígenos no pulmão.  

Segundo informações do site Itmídia.com, para realizar funções de diagnósticos, um método baseado em deep learning é alimentado com dados de imagens em redes neurais artificias. Depois, os computadores são treinados pelos pesquisadores para reconhecer, por exemplo, uma fratura ou um câncer. 

Em testes realizados com 6.716 pacientes com câncer de pulmão, o sistema de IA foi 94% mais preciso em comparação a seis profissionais da radiologia, apresentando menos falsos positivos e falsos negativos. Apesar de ainda estar em desenvolvimento, a tecnologia deep learning promete revolucionar a análise de exames de raios-x.

Leia a matéria completa.