fbpx

Inaugurada subsede de atendimento do CRTR/SP

O conceito de ‘boa localização’  foi unânime entre os profissionais que estiveram no local. A unidade já está funcionando, das 8h às 16h30  

Na quarta-feira, 17/7, o Conselho Regional de Técnicos e Tecnólogos em Radiologia de São Paulo (CRTR/SP) da 5° Região inaugurou a subsede de atendimento presencial aos profissionais da área. O novo endereço fica no conhecido Edifício Itália, na Avenida Ipiranga, 344, salas 51/D e 51/E. 

Diretoria executiva interventora recebeu Manoel Benedito Viana, presidente do Conter, para a inauguração da subsede do CRTR/SP

Durante a cerimônia, o presidente do CRTR5, Guilherme Viana – acompanhado do diretor secretário Jorge Biagi e pelo diretor tesoureiro, Rafael Augusto dos Santos – destacou que o prédio proporcionará mais conforto e acessibilidade aos profissionais que buscam os serviços do órgão. “Apesar de termos uma sede com boa infraestrutura, ela não oferece conforto aos profissionais que vão até lá. Já a localização da ‘nova casa do profissional da radiologia’ facilitará, por exemplo, o deslocamento de quem irá retirar ou emitir a Cédula de Identidade Profissional (CIP)”.  

Manoel Benedito Viana Santos, presidente do Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia (Conter), fez questão de estar presente e conhecer o local onde serão atendidos os profissionais da radiologia na capital paulista. Além de parabenizar a diretoria interventora pela iniciativa, Manoel pontuou que o espaço exclusivo para atendimento presencial é um marco na história de um dos maiores conselho de classe do Estado. “Vamos oferecer um serviço com excelência aos nossos profissionais. E isso se dá com gestão comprometida, que está atenta às necessidades, em todas as escalas, dos nossos colegas de profissão”, afirmou. 

Débora Lima foi a segunda profissional a ser atendida na subsede

Representando um dos membros da Comissão de Radioproteção do CRTR/SP, os profissionais Rafael Campos e Renata Marques estiveram na comemoração. “Moro na zona norte, em Perus, e também já estive na sede do Conselho. Com certeza, o trajeto para vir aqui no Edifício Itália foi bem mais fácil e rápido, embarquei no trem no meu bairro e desci no metrô República”, contou Renata com alegria. Inclusive, ela aproveitou a ocasião para atualizar o cadastro. Já Rafael, que mora na região, revelou que chegou ao local a pé. 

Para Débora Lima, uma das primeiras profissionais a ser atendida na subsede, a boa localização facilitou o seu processo de inscrição. “Fui duas vezes na sede, lá no Sumaré. Na primeira, me perdi no trajeto, e na segunda, fui informada que a documentação estava incompleta. Logo em seguida, soube da mudança de endereço e decidi esperar para continuar com o processo aqui”, contou. 

Além do conceito de acessibilidade ter sido unânime entre os presentes na inauguração, quem compareceu prestigiou a primeira profissional a ser registrada no órgão. Michelle Sassa, técnica em radiologia, abriu os serviços de retira de CIP na unidade, foi dela o primeiro registro profissional entregue no novo local – que tem horário de atendimento das 8h às 16h30.