O CRTR-SP – 5° Região, e sua Diretoria Executiva, levianamente citado em recente publicação de rede social, acerca de um Termo de Ajuste de Conduta assinado perante a Procuradoria Regional do Trabalho de São Paulo, vem a público informar os verdadeiros fatos acerca do TAC.

O referido documento trata de uma solução dada pelo Ministério Público do Trabalho diante de denúncias sobre atos cometidos durante a gestão anterior.  Após o CONTER determinar intervenção, a atual Diretoria Executiva, ciente de tal situação à qual os colaboradores (funcionários) foram submetidos – pela gestão afastada –, assinou sim o TAC, para corrigir atos praticados pela diretoria anterior (conforme imagem de Ata de Audiência abaixo).

 

Em tempo, a Diretoria Executiva do CRTR/SP – 5ª Região ressalta que, o valor de R$ 250 mil NÃO será pago, uma vez que esta gestão prima pelo cumprimento incondicional do que foi acordado com o Ministério Público do Trabalho.

Sem mais,

Diretoria Executiva - CRTR/SP – 5ª Região