Regularize seus débitos
Chame no   (11) 98644-0440

Clique aqui e regularize seus débitos



(11) 98644-0440

WhatsApp



SBP e CBR lançam campanha para justificação de exames de imagem em crianças e adolescentes

Exames de imagem são primordiais para o diagnóstico precoce e tratamento de doenças, mas é necessário cautela e justificação para serem solicitados

Divulgação Internet

No mês de outubro o Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR), em conjunto com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), lançou uma campanha denominada “Justifique!”, com o intuito de conscientizar os pediatras e demais médicos sobre a necessidade de cuidados especiais ao solicitar exames radiológicos, especialmente para crianças e adolescentes.

Sob o slogan “Por mais proteção nos exames pediátricos de imagem”, a nova parceria das entidades tem como foco central ressaltar o princípio da justificação, que consiste na avaliação reflexiva e criteriosa do médico ao indicar a realização de exames diagnósticos de imagem (raios-x e tomografia computadorizada).

De acordo com a presidente da SBP, Dra. Luciana Rodrigues Silva, a campanha visa orientar os especialistas brasileiros a estarem ativamente engajados em duas ações práticas que promovem maior proteção radiológica para os pacientes pediátricos.

“Primeiro, queremos reforçar a necessidade de ponderar criteriosamente ao pedir o exame. O entendimento atual nos indica que os exames de imagem apenas devem ser solicitados quando há justificativa plausível e fundamentada; O segundo aspecto é destacar a importância do pediatra expressar claramente a indicação clínica no seu pedido, uma vez que essa descrição contribui para a adequação da técnica empregada tanto na tomografia quanto nos raios-x”, informou a presidente da SBP.

Apesar dos exames que utilizam radiação ionizante não serem indicados com frequência, eles são essenciais para a prevenção e diagnóstico de doenças e o tratamento de pacientes. E para reforçar a segurança durante a realização do exame, os equipamentos de tomografia computadorizada e raios-x têm recebido melhorias constantes, sendo necessária uma dose de radiação cada vez menor para obter as imagens. Além disso, os radiologistas estão sempre em alerta aos níveis de radiação para que não ultrapassem o limite considerado seguro ao paciente.

Para o presidente do CBR, Dr. Alair Augusto dos Santos Sarmet, “essa conscientização é fundamental aos dois especialistas (radiologistas e pediatras) e inclusive abre a possibilidade de diálogo entre os profissionais para discutir que exame é mais indicado ou como obter o resultado desejado”.

A iniciativa também conta com o apoio do Image Gently e da Sociedade Paranaense de Pediatria (SPP).

 

Fontes:
CBR – Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Portal 87 News