Regularize seus débitos
Chame no   (11) 98644-0440

Clique aqui e regularize seus débitos



(11) 98644-0440

WhatsApp



Direito Fundamental

Compartilhe

Ministério da Saúde reafirma Radiologia na linha de frente e profissionais são destacados no grupo prioritário de vacinação

 

Por meio de ofício ao Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia (CONTER), o Ministério da Saúde (MS) registrou, de forma clara, que os auxiliares, técnicos e tecnólogos em Radiologia estão no grupo prioritário de vacinação contra a COVID-19.

O expediente eletrônico veio como resposta ao CONTER, que enviou documento no dia 29 de janeiro, sobre o caráter de urgência de vacinas para todos os profissionais das técnicas radiológicas, em especial aqueles que estão na linha de frente da pandemia.

Confira, a seguir, trecho do ofício emitido pela Secretaria de Vigilância em Saúde do MS:”Destaca-se que dentre o grupo de trabalhadores da saúde estão contemplados tanto profissionais de saúde quanto os demais trabalhadores que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais, conforme orientado nos Informes Técnicos da Campanha”.

Portanto, os profissionais da Radiologia estão incluídos no grupo supracitado, devendo ser solicitado documentação que comprove a vinculação ativa do trabalhador com o serviço de saúde ou apresentação de declaração emitida pelo serviço de saúde. Desta forma, a orientação do Plano Nacional de Imunização (PNI) é que se sigam as recomendações do Plano e dos Informes Técnicos da Campanha Nacional de Vacinação contra a covid-19, que direcionam os grupos conforme as distribuições das doses de vacinas disponíveis e as etapas da campanha”.

Clique aqui e veja a resposta do MS ao CONTER;

Clique aqui e veja o ofício enviado ao MS;

Clique aqui e veja o PNI.

IMUNIZAÇÃO

Para o presidente do CONTER, TR. Luciano Guedes, a resposta do órgão máximo de saúde no país deixa claro a responsabilidade de estados e prefeituras com a imunização dos profissionais da linha de frente, especialmente na área da Radiologia.

“O texto é claro, objetivo e reafirma que somos linha de frente. Portanto, a vacinação para nossos profissionais é imprescindível. Orientamos aqueles que ainda não foram contemplados com a vacina que apresentem a devida documentação nos moldes previstos no PNI, junto com sua habilitação profissional. Já perdemos muitos colegas para essa doença e não iremos permitir qualquer negligência com as vidas dos nossos profissionais”, defende Luciano.

Fonte: conter.gov.br